KAREN

Mogi das Cruzes - SP

Integrantes:

Karen Dias Soares Santana // Matheus Souza Garcia

Influências Musicais:

Josyara, Gal Costa, Novos baianos, Nathy Peluso, Eykah Badu.

Release / Histórico:

Karen, natural de Mogi das Cruzes, nasceu em 25 de setembro de 1993. Suas primeiras influências musicais foram através de seu pai que era baterista e ensaiava em casa. Lugar onde teve contato com a bateria e começou a cantar e compor, por volta dos 11 anos de idade. Aos 13 anos passou a escrever músicas com mais frequência e aos 15 passou a compor sambas e explorar a composição junto ao violão, explorando ritmos diversos.

As letras sempre retratavam o cotidiano de vida simples na qual cresceu, banhado a críticas ao sistema de cabresto e manipulação. Escrever foi sua companhia durante todos os seus processos da vida, ajudando a traduzir sentimentos e a se reconhecer. No ano de 2013 sente o ímpeto e a necessidade de começar a expor suas composições e a cantar em público. Onde começa a frequentar os espaços independentes de cultura e a apresentar seu trabalho. Quando convidada a compor a banda de reggae "O Clã Roots" como backing vocal, pôde explorar sua criatividade melódica, criando vozes para as músicas autorais da banda.

A espiritualidade, a liberdade das mulheres e a sexualidade são temas constantes de sua composição, por ser tão fiel à sua experiência de vida. Karen traz desde o rap, no boom bap ou trap, até o conceito de voz e violão e hoje em sua transição para MPB, a imagem humana de conexão e empatia. Não é difícil ouvir as músicas e se conectar as experiências. Suas composições trazem uma conversa de quintal, uma roda de saberes, uma fogueira aberta ao conhecimento empírico.

As Lavadeiras...

ao lado de Sarah Key, Mc e percussionista de Mogi das Cruzes, em 2016, ganha vida o EP Homônimo.

5 faixas autorais, com batidas eletrônicas, somadas aos tambores e cantos carregados de influência popular de raiz, como o maracatu, coco e o boi. Homônimo está disponível completo nas plataformas digitais, além de um canal com alguns registros em vídeo da caminhada da dupla.

Conexão Brasil Alemanha

Em 2016, Karen compõe o grupo que iria representar o Brasil na Alemanha, através da ONG Nau Ciranda e Street College. faz show na Alemanha, ministra oficinas, compõe e grava participações com mcs da Alemanha. Foi a única mulher dentro do grupo que representava o hip hop dentro do programa.

Ong Matéria Rima

Em 2017 passa a ministrar oficinas de pandeiro e rima na ONG "Matéria Rima" em Diadema, onde pôde se descobrir na arte-educação, desenvolvendo um amor e uma história linda. Ministrou também aulas de musicalização infantil e ritmos para crianças de todas as idades. Além de realizar até hoje trabalhos como babá.

Pleiadiana, Poderes de Évora e Sombra de 4 patas.

Pleiadiana.

Poderes de Évora deu seus primeiros sinais em março de 2018.

O single Pleiadiana, conta com a produção de Hisashi. É um trap que imprime, o seu renascimento e processo de transformação na música e na vida, junto ao videoclipe que tem a direção e produção de SOMAR Multimídia - Willian Ferro, artista atuante em todo o Alto Tietê.

Poderes de Évora

Em abril, seu primeiro álbum solo, Poderes de Évora explora a vida na terra.

O álbum contém 09 faixas com produções de muita bagagem lírica e musical. Graças a facilidade de expressar, através da escrita, uma visão muito singular e bonita do que é feminino, sagrado e pessoal. E tem uma musicalidade única e sensível. Sua poesia visita muitos lugares e é possível embarcar nessa viagem sonora e acessar suas informações.

Sombra de 4 patas

No mesmo mês ainda, lança o single "Sombra de 4 patas". Registro do "Música por Minuto" do Estúdio Sigo Som (Hermelino Matarazzo), onde a música é feita em um único dia. O single está disponível em todas as plataformas digitais.

Toque de serpente

Em 2019, Karen vai de encontro a um dos maiores tabus das últimas gerações, e que gera tanta distorção na criação de mulheres há muito tempo, a sexualidade. Com um videoclipe forte, marcado pelo símbolo da serpente, que traz as ideias sobre renovação, resistência e sobrevivência. Karen consegue trazer um trap de qualidade que acolhe mulheres de todas as idades a partir da necessidade da libertação de paradigmas e a exploração do próprio corpo e prazer. O videoclipe disponível no canal do youtube já soma 1.800 views, foi produzido com uma equipe integrada apenas por Mulheres e traz informações preciosas com dados e citações sobre a sexualidade feminina.

A produção contou com: gravação, mixagem e masterização) - Cabes (AWMA Music), direção, fotografia, iluminação, edição e colorização de Karen Santana, Bianca Hoffman, Larissa Rocha e Isa Hansen.

Pinta de Louca

Em fevereiro de 2020, apresenta o single "Pinta de Louca”. Ainda dentro da temática sobre a sexualidade da mulher, relata os abusos silenciosos aos quais as mulheres muitas vezes se submetem pelos tabus acerca da educação sobre seu corpo, suas áreas de prazer e seus limites. É um dos temas centrais de sua obra, já que mulheres de todas as idades e espaços, ficam a mercê dos parceiros que a vida coloca em nossos caminhos, sem ter tempo para descobrir sozinhas o próprio corpo e sexualidade.

O single está disponível no youtube e plataformas digitais.

Mídias

Hoje, soma mais de 3.000 seguidores em seu instagram, onde de forma descontraída e transparente explora sua arte e comunicação ao público com uma voz intima. Além, dos mais de 300 inscritos no canal do youtube, e mais de 10 mil visualizações no álbum Poderes de Évora. Nos Streamings seu perfil chega a 288 ouvintes mensais, só a faixa Poderes de Évora soma mais de 11 mil plays, seguida de Penumbra com 8.797, mais algumas na faixa entre 4 e 7 mil.

Escute as Músicas: